• Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná - ITCG

DESTAQUE

03/04/2017

IAP e prefeitos discutem planejamento ambiental na Expolondrina

Para orientar prefeitos da região Norte do Estado, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) promoveu nesta sexta-feira (31) uma reunião técnica sobre a importância do planejamento das cidades em relação ao licenciamento, a fiscalização e a qualidade ambiental”. 

O encontro aconteceu na Expolondrina, com o apoio da Cooperativa Integrada, e contou com a participação de prefeitos da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar), do apoio do Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) e de promotores do Ministério Público Estadual. 

No evento foram ministradas palestras sobre a descentralização dos municípios para o licenciamento e a fiscalização ambiental de atividades de impacto local e também sobre a atividade como ferramenta para disciplinar o uso e ocupação do solo. 

O objetivo do encontro foi promover a troca de experiências para promover o diálogo e a construção de políticas públicas em defesa do desenvolvimento ambientalmente responsável. 

“A gente tem que mostrar aos prefeitos como pensamos a instituição, o planejamento de novas legislações, se não a gente sempre vai ter algum tipo de embate. É importante ter essa discussão e para alinhar os pensamentos e facilitar o diálogo”, destacou o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. 

O público assistiu ainda à palestra da promotora de Meio Ambiente do Ministério Público Estadual, Solange Vicentin, sobe a importância do planejamento das cidades. Ela avaliou o encontro como positivo e importante para a área ambiental da região. 

“Se quisermos que as coisas realmente aconteçam, que a lei seja aplicada e que haja uma conservação da natureza e uma condição de vida melhor, do ponto de vista ambiental, nós precisamos trabalhar em conjunto. Nenhum órgão vai conseguir fazer com plenitude o seu trabalho se não tiver também a colaboração dos demais. Isso é fundamental”, explicou. 

A parceria também foi destacada pelo presidente do ITCG, Amílcar Cavalcanti. Ele lembrou que a instituição é parceira do IAP e auxilia em diversas análises de solicitações de licenciamento ambiental. 

“Acho importante o ITCG participar do encontro porque, além de atuar em licenciamentos que demandam análises de solo, nós coordenamos a questão do Zoneamento Ecológico Econômico do Estado, que considera as áreas em que os municípios possam atuar, sempre procurando defender a questão ambiental e também o desenvolvimento econômico e social da população”, conta. 

TRILHA DA BIODIVERSIDADE – Além da reunião técnica, o IAP participa da Expolondrina com a Trilha da Biodiversidade, um trajeto na mata do Parque de Exposições Governador Ney Braga que ilustra os impactos das ações do homem na natureza. Com a temática “Nossa pegada na natureza”, o caminho trabalha com os visitantes conceitos da educação ambiental e a importância da preservação do meio ambiente. 

Durante o trajeto os visitantes aprendem sobre quatro eixos temáticos: água, vegetação, resíduos e produtos sustentáveis. Eles vão conhecer alguns dos impactos da poluição e do desmatamento, ver a quantidade de resíduos gerada por uma pessoa durante uma semana, descobrir como reaproveitar a borra de café, entre outras atividades. 

A partir de segunda-feira (3) os visitantes podem preencher uma ficha com suas opiniões sobre questões ambientais e concorrer a uma bicicleta doada pelas empresas LCA Empreendimentos e Cia Cacique de Café Solúvel.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.