• Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná - ITCG

ITCG

07/05/2018

PRONASOLOS - Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solo

PRONASOLOS ENTRA EM NOVA FASE

O PRONASOLOS é um programa criado pelo Governo Federal, cujo objetivo é a realização de levantamento de solo em uma escala que permite uma melhor visualização, com suas respectivas interpretações e características. Os mapas atuais não possuem escala viável para o manejo de solo em nível de propriedade, nem para planejamento de microbacias.  

Cada estado definirá o modo de ação do programa e suas áreas prioritárias para inicio do projeto. O mapeamento detalhado promovido pelo PRONASOLOS está baseado em 5 princípios de ação:

1.       Proporcionar informações que auxiliem na promoção de uso e manejo adequado do solo com foco na sustentabilidade.

2.       Estimular investimentos, politicas publicas mais assertivas e transferência de tecnologia.

3.       Promover pesquisas focando nas lacunas do conhecimento em solos.

4.       Geração de informações e ampliação da base de dados.

5.       Padronizar métodos, medidas, indicadores de manejo e proteção do recurso natural solo.

No Paraná, o PRONASOLOS PARANÁ vem a um ano sendo estruturado, buscando condições para seu desenvolvimento junto às entidades parceiras e compondo o Programa Integrado de Conservação de Solo e Água do Paraná – PROSOLO.

 

O Paraná será o primeiro estado brasileiro a implantar o programa.

O projeto prevê levantamentos de solos e vegetação protetiva de recursos hídricos em seis módulos regionais, cada qual envolvendo uma área em torno de 10.000 km2. O primeiro módulo a ser implantado tem sede na cidade de Toledo e envolve 24 municípios na Bacia Hidrográfica Paraná III.

Como benefícios dos Mapas Semidetalhados de Solos/Mapas de Aptidão Agrícola e respectivos relatórios, os municípios contemplados por este produto poderão proceder ao planejamento de suas atividades rurais com maior especificidade, além de se constituir em uma ferramenta extremamente valiosa para consolidar os Planos Diretores Municipais permitindo o planejamento, manutenção e expansão de rede viária, formação e estruturação de condomínios residenciais em zonas periurbanas, indicativos para áreas de aterros sanitários, manutenção dos processos hidrológicos para áreas de abastecimento, entre outros, tendo em conta a existência de áreas protegidas e corredores de fauna e flora.

Como benefícios do Relatório da Vegetação Protetiva dos Recursos Hídricos os municípios poderão identificar e compreender facilmente o estado de conservação em que se encontram as vegetações protetivas próximas aos cursos d´água na região de estudo, elencando ações de recuperação e de proteção. Complementarmente, poderão conhecer, com precisão, quais as espécies arbóreas nativas mais adaptadas aos diferentes tipos de solos, especialmente variações devidas aos regimes hídricos dos solos. Isto, sem dúvida, poderá auxiliar na indicação de quais as mais importantes espécies a serem produzidas em viveiros municipais para futuras ações de enriquecimento e/ou recuperação de florestas ripárias.

O PRONASOLOS PARANÁ será conduzido pela EMBRAPA FLORESTAS com o apoio da ITAIPU Binacional, da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, do IAPAR, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e suas vinculadas IAP e ITCG.

Sem dúvida no cenário nacional e internacional estes resultados condecorarão, mais uma vez, o Estado do Paraná como sendo protagonista de uma ação estratégica de vanguarda em direção à sustentabilidade ambiental.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.